Automação

O SASP foi elaborado em função do projeto e das necessidades atuais e previsões.
Considerando-se as premissas fornecidas pelo Cliente, utilização prevista, bem como as especificações técnicas e construtivas definidas nos projetos de arquitetura, instalações e outros, disponíveis quando da elaboração deste documento.

O Sistema de Automação e Supervisão Predial (SASP) tem como objetivo, supervisionar, monitorar e controlar a totalidade das instalações de um edifício tendo a finalidade de melhorar a qualidade de vida dos usuários, diminuir os custos operacionais e prolongar a vida útil dos equipamentos.

Algumas vantagens que a automação proporciona:
  • Economia de recursos (Hídricos, Energia)
  • Menor custo de Operação
  • Maior eficiência na manutenção.
  • Aumento da produtividade.
  • Segurança aos usuários da manutenção do edifício.
  • Praticidade e comodidade aos usuários do edifício, entre outros.
  • Por que Automatizar?

    Economia de Energia: a energia é usada onde e quando for necessária. O controle remoto e tempo apropriado de diversos equipamentos eletro-eletrônicos elimina gastos desnecessários de energia. Como exemplo, podemos ter o sistema de ar condicionado ou de iluminação programados para estar ligado apenas nos horários que pessoas estão no local, ou em horários específicos. Conveniência: Os sistemas de automação podem ser monitorados, ou acionados, de apenas um local remoto, evitando deslocamentos de ambiente.
    Sistemas

  • Incêndio
    O sistema central de alarme de incêndio é totalmente independente. Através dos detectores de fumaça ou de calo, ou do acionador manual, o alarme é acionado pela central. Essa central é a responsávelem enviar o alarme e avisar ao sistema de automação, que por sua vez tomará as devidas providências como, por exemplo, acionar o sistema de pressurização de escadas.
  • Hidráulico
    A automação do controle de nível das caixas d'água permite ao operador monitorar o funcionamento das bombas e o nível dos reservatórios pela tela do computador. Através dos sensores de nível o liga/desliga da bomba é feito automaticamente. Existe a possibilidade de colocar sensores de nível de emergência que tem por finalidade ter um comando redundante e ao mesmo tempo alertar o nível de emergência.
  • Pressurização
    O sistema de pressurização de escada pode ser acionado automaticamente pelo sistema de automação. Através do sinal do sistema de incêndio o sistema de automação é informado, acionado o sistema de pressurização em caso de alarme.
  • Segurança
    O sistema de segurança engloba CFTV (Circuito fechado de televisão) - câmeras, gravação de imagens, possibilidade de gravação por detecção de movimento, controle de acesso - leitores de cartões, biometria, catracas, fechaduras magnéticas e alarmes - sensor de presença, sensor de perímetro, botão de pânico, além da monitoração por supervisório. A Mitsubishi também tem a opção de mandar mensagens SMS para o celular em caso de alarme.
  • Controladores

  • Serie Alfa
    - Para pequenas aplicações
    - No máximo para 15 entradas e 9 saídas.
    - Entradas configuráveis (Digitais/Analógicas)
    - Comunicação GSM - Mensagens SMS
    - Display Integrado
  • Serie FX
    - Mais utilizado em automação predial
    - Recursos: RS-232, RS-485, Rede CC-Link, módulos analógicos, extensões de pontos digitais
    - Modelos de 10 a 128 pontos digitais.
  • Serie Q
    - Para automações de grande porte - mais utilizado em automação industrial.
    - Mais recursos: RS-232, RS-482, Rede CC-Link, módulos analógicos, Rede Ethernet, Flexibilidade na configuração, comunicação com G-50 (Integrado com o sistema VRF)